Skip to main content
Correspondentes JurídicosMarketing Jurídico

Marketing de Conteúdo para Advogados

Por 23 de agosto de 2018junho 3rd, 2021No Comments

Você já ouviu falar em Marketing de Conteúdo para Advogados? Assim como muitos profissionais, nós advogados precisamos seguir uma série de regras específicas sobre publicidade, segundo o código de ética da OAB. De acordo com essa norma, a publicidade informática é permitida, desde que seja usada com discrição e moderação. Mas a pergunta que fica é a seguinte: Como eu posso realizar ações de Marketing sem ferir o Código de Ética da oab?

Marketing de Conteúdo para Advogados

A resposta na verdade é bem simples: através do uso do Marketing de Conteúdo para Advogados, que é uma das estratégias mais utilizadas no Marketing Digital para atingir um público específico através da entrega de conteúdos relevantes, já que ela inicia uma conversa com o seu público, entregando conteúdos relevantes para ele e se tornando, assim, uma referência no assunto.

Sabemos que na advocacia não é permitido a propaganda ou qualquer movimento que denota a captação de clientes, mas, então, como os seus clientes poderão encontrar você? Antigamente, a única maneira de um advogado conseguir novos clientes era através da indicação boca a boca, hoje, uma das grandes formas de se posicionar no mercado é através das redes sociais, compartilhando conteúdo relevante através do Linkedin, Facebook e até através do Instagram.

Marketing de Conteúdo para Advogados

Para você se tornar referência em um mercado que já ultrapassa mais de um milhão de profissionais será necessário ingressar na produção intelectual, através da publicação de artigos, divulgação de boletins e através de e-mails informativos. E o foco aqui precisa ser na produção de conteúdo que seja de fato relevante para o seu público. Não adianta produzir enlouquecidamente se ninguém vai querer ler. Você precisará nutrir o seu público com informações de qualidade, e assim, a busca pelos seus serviços será uma consequência. Chamamos o Marketing de Conteúdo para Advogados de Inbound Marketing, que é a forma de publicidade online, onde os profissionais e as empresas se promovem através de blogs, podcasts, vídeos, e-books e muito mais. O resultado dessa prática é que a iniciativa de ir atrás da informação vai partir do cliente e não do advogado.

Para construir uma imagem de especialista, você precisará aproveitar a sua expertise para esclarecer dúvidas comuns dos clientes através de materiais ricos e informativos, já que a dúvida de um cliente pode ser a dúvida de outra pessoa também. Mas não se engane, essa prática vai exigir um pouco de você. Para ações de Marketing de Conteúdo para Advogados será necessário planejamento e recorrência. Separamos aqui dois erros comuns que precisam ser evitados: a produção sem planejamento e o abuso do “juridiquês”.

Marketing de Conteúdo para Advogados

Produzir sem planejar:

Muitas vezes a quantidade exorbitante de possibilidades nos deixa um pouco perdido, não é mesmo? E esse é um erro bem comum advindo dos diversos canais de comunicação existentes. Possuímos e-mail, whatsapp, redes sociais, blog, entre outras possibilidades e isso faz com que muitos profissionais se percam no meio de tantas opções. Muitos profissionais iniciam publicando material em todos os canais sem ao menos definir qual será o público alvo e quais serão os conteúdos que serão divulgados e qual será a sequência das informações.

Planeje. Crie um calendário de postagens e crie uma rotina de produção de conteúdo, e seja rigoroso para cumprir ela. Profissionais de marketing podem auxiliar você nessa etapa. Se você conhece as dúvidas e angústias dos seus clientes, planeje materiais que explorem elas, foque em resolver as dúvidas e as dores dos seus clientes.

Marketing de Conteúdo para Advogados

Abuso do Juridiquês:

Não se esqueça: foque no seu cliente. Foque que ele entenda o conteúdo que você quer passar. Agora pense: Será que o seu cliente irá entender um artigo cheio de termos jurídicos? Será que o seu cliente não irá preferir um conteúdo menos formal e mais direto? O Texto técnico, muitas vezes, é difícil de ser compreendido se o seu público final não for profissionais da área do direito. Por isso, uma outra dica é evitar o abuso do juridiquês. O abuso de termos técnicos pode prejudicar a imagem que você quer passar para o seu público.

Marketing Pessoal para Advogados

Baixe agora o e-book Marketing pessoal para advogados

Marketing de Conteúdo para Advogados: O que eu devo produzir?

Sabemos que a única publicidade permitida na advocacia é a informativa, mas então, quais conteúdos que eu poderei produzir? Separamos aqui embaixo uma lista com opções para auxiliar você.

Textos e Artigos

Mais uma vez: foque no seu público. Pense o que ele gostaria de ler e qual é a sua especialidade. Se você é um advogado trabalhista, o seu público será o trabalhador. Pense em que tipo de conteúdo que irá chamar a atenção dele. Escreva sobre regras da reforma trabalhista e as principais alterações nas relações trabalhistas advindas dela. Publique conteúdos relacionados a férias, jornada de trabalho, remuneração e transporte.

Não se esqueça, avalie também qual é a plataforma que você irá utilizar, existem plataformas que exigem uma postura mais formal, como o linkedin, e outras menos formais, como o instagram.

Marketing de Conteúdo para Advogados

Áudios e Vídeos

Outra opção, se você não quer produzir conteúdo apenas por textos e artigos é a criação de conteúdos através de outros meios, como vídeos e áudios. Vídeos curtos e esclarecedores podem ser uma boa forma de você captar o seu público. Se você for um advogado tributarista, você pode, por exemplo, fazer um vídeo explicando as principais mudanças na legislação tributária ou então falando sobre um projeto de lei que pode alterar a cobrança de uma taxa específica.

Você tem vergonha de aparecer em vídeos? Outra opção bem interessante é a gravação de áudios! Grave um áudio com um tema específico e disponibilize no seu blog ou nas suas redes sociais!

A tecnologia está cada dia mais presente no nosso dia a dia. E precisamos utilizar essas novas práticas ao nosso favor, e sem dúvidas o Marketing de Conteúdo para Advogados pode proporcionar a você resultados nunca imaginados anteriormente. Produza conteúdos relevantes, sem ferir o código de ética, é claro. Não noticie que você ganhou determinada ação, utilize casos de jurisprudência para explicar direitos e deveres respeitados nos processos, sem ter que citar ou expor as partes.

O objetivo da produção de conteúdo é poder se posicionar como uma referência na sua área de atuação. Não é necessário emitir opiniões pessoais sobre o que você acha ou não de um tema específico. Foque em esclarecer sobre o que está na lei e como ela é aplicada de acordo com cada caso.