Para AdvogadosPara Correspondentes JurídicosProfissionalização

Audiência Judicial: 3 Dicas Rápidas que Podem te Salvar

Por 5 de fevereiro de 2021No Comments

Muitas vezes realizar audiência pode causar um certo frio na barriga, principalmente se você esta no início da carreira, estar a frente do juiz não é fácil, independente das partes que estamos representando. Pensando nisso, separamos para você dicas para audiência judicial.

Um dos grandes diferenciais do advogado é o jogo de cintura e a confiança perante ao juiz. Quando o profissional demonstra domínio do assunto, da legislação e controle emocional os envolvidos no ato conseguem perceber. O que acaba por acontecer é que muitos advogados não são treinados ou capacitados para comparecer em audiências.

O preparo é essencial para um melhor desempenho em uma audiência judicial

3 Dicas para audiência judicial:

1. Estude o processo

Normalmente essa dica para audiência judicial é vista como óbvia mas é, frequentemente, deixada de lado. Muitos advogados acabam por não fazer a leitura do processo antes do ato e isso gera uma chance de insucesso do caso absurdamente alta.

Por isso, sempre antes de uma audiência judicial, seja ela de instrução ou de tentativa de conciliação, faça a leitura de todo o processo. E quando não for possível, procure ao menos ter conhecimento sobre as principais peças que compõe aquele processo para identificar quais são os pontos controvertidos da lide.

2. Não instrua a testemunha sobre o que ela deve ou não dizer na audiência

Cuidado! Não instrua a sua testemunha a mentir sobre um processo, por mais prestativa e atenciosa que ela seja, é provável que ela não consiga sustentar a mentira na frente do juiz, e isso será pior para o seu processo.

Como advogado, você precisa conversar previamente com as testemunhas do seu cliente, objetivando apenas descobrir o que interessa ou não ao processo e não instruir o que ela deve e o que ela não deve dizer.

Gostando das dicas para audiência judicial? Aproveite e leia também:

3. Alegações finais orais: Esteja preparado

Após a produção das provas em audiência, segundo o processo civil, as partes poderão, então, apresentar alegações finais orais. Em casos complexos, as alegações podem ser substituídas por memoriais escritos, mas, em regra, esteja sempre preparado para fazer as alegações finais de forma oral.

Se prepare previamente, treine antes as suas alegações orais, ao menos os pontos chaves. Caso você tenha medo ou receio de falar em público, leve um papel suporte sobre o que precisa ser dito para o escrevente.

Resumo de dicas para audiência judicial:

Advogado preparando-se para a audiência judicial
Unir prática e teoria é de extrema importância para realizar uma audiência judicial

Dicas para audiência judicial:

  1. Estude o processo
  2. Não instrua a testemunha sobre o que ela deve ou não dizer na audiência
  3. Esteja preparado para alegações orais

Para adquirir bons resultados em suas audiências, sempre se prepare previamente, assim como diversas atividades do nosso ramo, precisamos ter planejamento. Não foque apenas na parte teórica, mas se prepare para a parte prática e para o turbilhão de emoções que virão naquele momento. Só assim você conseguirá representar bem o seu cliente.

DOC9

DOC9

Somos uma empresa que realiza o controle e a gestão de diligências jurídicas através do repasse para advogados correspondentes qualificados através de processos de seleção e treinamento. Operamos em todo o território nacional, concentrando todas as diligências jurídicas em um único sistema: o sistema DOC9. Nossas diligências passam por um fluxo de controle e conferência, através de passos de auditoria estabelecidos e padronizados.