Advogados Correspondentes: Dicas para se destacar no mercado

Para AdvogadosPara Correspondentes Jurídicos
Por 11 de julho de 2019 Sem Comentários

Cada ano que passa o número de profissionais no mundo jurídico cresce exponencialmente, independente da área de atuação. E esse também é o caso dos advogados correspondentes, onde a ampla concorrência traz a necessidade um esforço maior para se manter bem no mercado. Para os advogados correspondentes, como na maioria das vezes são profissionais autônomos, esse esforço vai além de um serviço bem executado. Questões como gestão, atendimento e inteligência emocional são fatores decisivos para se diferenciar de outros profissionais.

E pensando em tornar nossos advogados correspondentes em profissionais de destaque, separamos estas 7 dicas. Confere ai embaixo!

Advogados Correspondentes: Dicas para se destacar no mercado

advogados correspondentes

1 – Repasse os dados

Começando com um ponto relacionado ao atendimento, é importante que você sempre repasse os dados. Advogados Correspondentes são vistos como profissionais mais propensos a errar, já que geralmente não estão ligados a um escritório ou a sua organização. Então para evitar problemas, repasse todos os dados com os clientes, faça no bom e velho estilo “checklist”. Com vários tópicos e informações importantes, assim ao repassar com o cliente tudo fica mais claro, fica mais fácil de identificar erros e caso algum problema de comunicação relacionado a sua solicitação ocorra, o cliente não pode lhe responsabilizar.

2 – Seja objetivo

Advogados Correspondentes geralmente recebem demandas de outros estados, essa demanda chega por e-mails, mensagens, aplicativos e empresas terceirizadas. O maior problema disso tudo é que a comunicação escrita nem sempre é tão eficaz, por isso é importante conversar diretamente com seu cliente ou solicitante. Com uma conversa rápida é possível esclarecer diversas dúvidas e alinhar melhor o que foi solicitado podendo alcançar as expectativas de seus clientes.

3 – Não abandone e-mails

É sempre muito bom dar alternativas de atendimento para seus clientes, sempre se adaptando da forma que seja mais confortável para os mesmos. O problema dessas informalidades, que realmente são agradáveis, é a falta de armazenamento de informação e a mal organização destas informações. Você já deve ter escutado após uma conversa “Vou só formalizar por e-mail!”, é isso que deve ser feito após se comunicar com um cliente. A importância disso é a confirmação das informações e o armazenamento de cada informação trocada com seus clientes, o que também diminui a quantidade de erros.

4 – Se organize junto do cliente

Muitos advogados correspondentes apenas aceitam suas diligências após mostrarem seus preços e apenas vão informando o andamento da mesma. Fazendo um acompanhamento você alinha expectativas do serviço e expectativas financeiras. Faça um passo-a-passo listando tudo que está sendo cobrado em ordem cronológica, trazendo uma transparência que não se vê em advogados correspondentes, escritórios de advocacia e grandes empresas. Isso também traz maior clareza no que o dinheiro do cliente está sendo gasto.

5 – Controle tarefas externas

Mesmo que advogados correspondentes sejam na maior parte das vezes autônomos, ainda dependem de alguns profissionais. É importante se atentar nestas variáveis, não é possível ter controle sobre tudo isso porém é possível se programar e se precaver. Imprevistos sempre acontecem, ainda mais quando se está envolvendo terceiros, mas como nem sempre é possível realizar todas as tarefas isso se torna inevitável.

6 – Faça avaliações na sua rotina

Um acompanhamento de desempenho diário é extremamente importante, isso acaba esclarecendo melhor as suas metas, mostrando se vai alcançá-las e evidenciando problemas para serem corrigidos. Isso é algo essencial para advogados correspondentes, não só apenas envolvendo a identificação de erros, mas a sua produtividade. Você pode testar diversos métodos para manter sua produtividade alta e analisar com calma o que funciona ou não.

7 – Organização

Você já deve estar cansado de ouvir que advogados correspondentes precisam de organização para terem sucesso em suas tarefas. De fato é algo realmente importante e para isso você possui diversos recursos, não ser organizado é pura falta de responsabilidade. Existem diversos aplicativos e ferramentas de organização pessoal que trazem maior agilidade para isso, além de tudo você pode recorrer a clássica agenda. É sempre bom se manter atento e organizado, assim você consegue concluir todas as suas tarefas e se preparar para tarefas futuras.

Ser um advogado correspondente de sucesso não é tão simples, mas com essas dicas você consegue se destacar e não ser apenas mais um no meio de vários advogados correspondentes. Seguindo estas dicas seu desempenho tende a melhorar, o que atraí mais demanda e traz maior credibilidade para seu nome. Esperamos que você tenha gostado, caso tenha mais algumas dicas, comente ai embaixo!

qualidade+segurança-advogado-correspondente

Marúcia Rodrigues

Marúcia Rodrigues

Advogada formada pela Universidade Ritter dos Reis, especialista em Direito e Processo do trabalho. Atual Gerente de Diligências e de Cálculos Judiciais na DOC9. Responsável pela reestruturação do setor de Diligências Jurídicas e pela criação do serviço de Cálculos Judiciais na DOC9. Atua buscando continuamente melhorar os processos existentes na DOC9, propondo melhorias que facilitem a vida dos clientes e que tornem o fluxo de informação mais célere e inteligente.

Deixar um Comentário